O Programa

Herdeiro de uma tradição de pesquisas que se desenvolve na Universidade de São Paulo desde a sua criação nos anos 1930, o Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo consolidou um perfil que tem procurado garantir não apenas sólida formação teórica na disciplina, como também o desenvolvimento de pesquisas nas várias áreas da Antropologia e suas fronteiras interdisciplinares.
Desde a sua constituição como programa autônomo, em 1984, o PPGAS-USP tem tido um papel destacado na formação de pesquisadores e docentes, atuantes nos principais centros de ensino e pesquisa no Brasil e na América Latina. Entre 1984 e 2005, o Programa formou 151 Mestres e 166 Doutores em Antropologia Social.
O Departamento de Antropologia da USP publica a Revista de Antropologia, primeira publicação do país na área, de circulação internacional, que comemorou seu cinqüentenário em 2003. O PPGAS publica ainda a Revista Cadernos de Campo, produzida pelos alunos, que constitui um dos veículos de divulgação da intensa produção discente, incentivando-a.

Coordenação: